sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

TAG: Preferências Literárias


Hey, dragõezinhos!

Tava ficando chato resenha atrás de resenha, né? Acontece que eu to com umas 40 resenhas pra postar (sem exagero), e no momento a correria de TCC + provas não tá me permitindo postar nada além do que já está pronto. Peço mil desculpas por isso, mas hoje pra mudar um pouco estou trazendo uma tag, eeee.

A TAG de hoje fui indicada a responder pelo Tony, e ela foi criada pela Bianca do Lendo com a Bianca e pela Renata do Who’s that girl?. Muito obrigada pela indicação, Tony!

domingo, 27 de novembro de 2016

Artistas dos Ossos

Título: Artistas dos Ossos
Título Original: The Bone Artists
Autora: Madeleine Roux
Série: Asylum - #2,5
Editora: V&R
Ano: 2016
Páginas: 112
Livro: Skoob
Sinopse:
Oliver é um adolescente que tenta economizar dinheiro para ingressar na faculdade e deixar para trás a loja de antiguidades de sua família. Mas para garantir seu sonho ele começa a trabalhar para uma organização sinistra, que se denomina “Artistas de Ossos”. Bem, mas dinheiro é dinheiro. Abrindo sepulturas e roubando ossos, ele aceita a missão pensando que isso seria uma fase momentânea, mas descobre que abandonar essa empreitada pode ter um custo muito alto, pois existem algumas dívidas que não podem ser pagas. Assim Artistas dos Ossos é um puzzle importante que faltava para os fãs da série Asylum.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Eu Estou Aqui

Título: Eu Estou Aqui
Autora: Clélie Avit
Editora: Fábrica 231
Ano: 2016
Páginas: 288
Livro: Skoob
Sinopse:
No cenário frio e asséptico de um hospital surge a paixão entre Elsa, uma montanhista em coma há cinco meses depois de cair durante uma escalada, e Thibault, que se refugia no quarto da moça, por não querer visitar o irmão, o motorista bêbado que causou a morte de duas adolescentes num acidente automobilístico. Delicadamente composto, o romance mostra o envolvimento gradual entre dois personagens cuja comunicação se dá instintivamente. Enquanto Thibault pode conversar e incentivar Elsa a retomar o domínio de suas ações, a jovem ouve, percebe e sente toques em seu corpo, mas não tem como comunicar seus desejos e anseios. Os dois passam a se conhecer tanto pelo que transmitem um ao outro – Thibault em suas confidências, Elsa tentando demonstrar que corresponde a seus estímulos – quanto pelo que os amigos da montanhista comentam a respeito do rapaz ou falam a ele sobre Elsa. Junto da moça em coma, Thibault sente-se tranquilo e protegido da revolta contra o irmão, internado em estado grave no mesmo hospital. Elsa, embora cercada pela família e por amigos, se entusiasma com a ousadia de Thibault, que não se acanha em beijá-la. E quando os parentes discutem a possibilidade de desligar os aparelhos que a mantêm viva, é com ele que Elsa conta para lutar por sua própria sobrevivência.
Narrado em primeira pessoa, alternando os relatos dos dois protagonistas, Clélie Avit consegue abordar problemas universais e atuais, como eutanásia, violência no trânsito e alcoolismo. As novas famílias urbanas também se superpõem aos laços biológicos. Thibault acompanha a mãe ao hospital, mas se recusa a enfrentar a situação do irmão, à beira da morte por um desastre causado por irresponsabilidade.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

[LANÇAMENTOS/OUTUBRO]: Grupo Editorial Pensamento

Oie, meus dragões favoritos.

Outubro já foi, mas o grupo editorial pensamento teve lançamentos incríveis pro mês. Confiram!

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Jogos Macabros

Título: Jogos Macabros
Título Original: Party Games
Autor: R. L. Stine
Série: Rua do Medo #52
Editora: Globo Alt
Ano: 2016
Páginas: 280
Tradução: Alice Klesck
Livro: Skoob
Sinopse:
Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros. O“Stephen King da literatura juvenil” ficou famoso na década de 1990 com a aplaudida coleção Rua do Medo. Quase duas décadas depois do último volume, Stine atende aos pedidos dos leitores e lança o livro inédito Jogos macabros, publicado no Brasil pela Globo Alt.
Tal como os outros títulos da coleção, a história se passa na velha cidade de Shadyside, nos EUA, conhecida por ser palco de acontecimentos misteriosos e aterrorizantes envolvendo os alunos da escola local. Todos na região conhecem a excêntrica e rica família Fear, e sabem também do passado terrível que os assombra. Apesar desses histórico nada promissor, Brendan Fear parece ser um garoto diferente de sua família. Gentil e simpático, o jovem vive rodeado de colegas e chama a atenção de Rachel Martin, uma garota simples, colega de classe dele.
Quando o aniversário de Brendan está prestes a chegar, ele começa a planejar uma comemoração um tanto diferente na isolada ilha do Medo, onde existe um casarão de veraneio pertencente à família Fear. Rachel é uma das convidadas para passar o final de semana no local sombrio e, contrariando os avisos dos amigos, decide ir. No caminho, coisas estranhas já começam a acontecer e, ao chegarem à mansão, Brendan dá as coordenadas para o início de um jogo que se revelará o mais mortal de todos.
Repleto de reviravoltas, Jogos macabros mantém o leitor apreensivo da primeira à última página. Como todo bom enredo de R. L. Stine, a história dá espaço a fantasmas, assassinato, traição e romance, e marca, enfim, um retorno triunfal do autor à Rua do medo.