sábado, 25 de janeiro de 2014

Filmes #013

Título Original: Texas Chainsaw 3D
Título Traduzido: O Massacre da Serra Elétrica 3D – A Lenda Continua
Ano: 2013
Gênero: Terror
Elenco: Alexandra Daddario, Amanda Dyar, Bill Moseley, Dan Yeager
Sinopse: A trama começará de onde o original parou e será centrada em Heather, vivida por Alexandra Daddario, que descobre ter herdado uma casa no interior do Texas. Obviamente, não deve demorar para que os vizinhos surjam…
Resenha: Sinceramente...? Uma grande porcaria. Heather recebe uma carta dizendo que sua avó havia morrido e que herdara a casa dela, que no caso é mais uma mansão, então com isso, ela descobre que é adotada. Mesmo contra a vontade dos pais, ela vai até a casa com amigos, onde acaba descobrindo que dentro da casa, existe um assassino. E como ela descobre isso? Logicamente, quando ele começa a matar todo mundo. Com o desenvolver da história (no meio de muito sangue e mortes desnecessárias), ela descobre também que sua família inteira morreu, pois as pessoas da cidade colocaram fogo na casa da família por causa exatamente de um garoto, que pertencia à família, que vinha matando pessoas. Obviamente, tudo é muito previsível, mas o filme INTEIRO me deu nos nervos, porque como na maioria dos filmes de terror, os personagens são MUITO idiotas! De verdade, eles fazem exatamente o contrário do que deveriam fazer, e agiam de forma tão burra que, argh! É uma grande perda de tempo.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

[+18] Taken By The Night


Nome: Taken By The Night
Autora: Kathryn Smith
Editora: Avon
Livro: Skoob
Sinopse:
I enjoy carnal pleasures like any mortal man, but six hundred years of existence have taught me loss. Best to stay away from people and save myself the heartache. Then I arrive at the notorious London brothel Maison Rouge, and my life, such as it is, will never be the same again.

Ivy Dearing, daughter of the infamous Madam, has requested my assistance. Two of her friends have been murdered, and she is determined to find their killer. I know better than to agree to help, yet Ivy is impossible to resist. No stranger to vampires, she has awakened desires within me that are as potent as my thirst for blood—desires that can only be satisfied by Ivy herself. But when there is another murder, it is all I can do to protect the woman I love from an evil more powerful than the undead...

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

A menina que roubava livros


Nome: A menina que roubava livros
Título Original: The Book Thief
Autor: Markus Zusak
Editora: Intrínseca
Páginas: 480 (ed. 2010)
Livro: Skoob | Orelha de Livro
Sinopse:
A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler.

Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade.

A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto - e raro - de crítica e público.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Curiosidades! Banguela em miniatura

A agência nacional australiana para a ciência escreveu uma carta a uma menina de sete anos lamentando por não poder atender a seu pedido. Sophie queria um filhote de dragão alado (e queria chamá-lo Banguela).


Miniatura do Banguela, da série Como treinar o seu dragão

A agência nacional australiana para a ciência pediu desculpas a uma criança de sete anos por não poder realizar o seu sonho, de criar um pequeno dragão, culpando a falta de pesquisas no campo das criaturas míticas.

A menina, Sophie, escreveu uma carta a "um gentil cientista", endereçada à Organização de Pesquisa Industrial e Científica da Commonwealth (CSIRO), pedindo educadamente se poderia criar um pequeno dragão alado para ela.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Ano novo, cara nova!

Olá, pessoal!

Você está estranhando estar aqui? Clicou em algum link que dizia Hangover at 16 e deu de cara com uma Caverna?
Não entre em pânico! Você não está no lugar errado.
Isso mesmo: você está no lugar certo!


Com o ano novo, o Hangover está de cara nova e nome novo, uma verdadeira repaginada!

Decidimos essas mudanças, por vários motivos. Estávamos com o layout antigo já havia um tempo, e o blog estava sendo atualizado, mas daquele jeito (essa parte também é culpa minha e da minha faculdade, desculpa). E, além de tudo, apesar do nome diferente e original, preferimos mudar para algo em português e que fizesse mais sentido na nossa realidade atual.

Portanto, BEM VINDOS À CAVERNA!

A Caverna nada mais é do que o seu, cantinho. Não, não é a caverna do Batman. É o seu quarto, a sua cama, a sua estante, sua poltrona. É aquele canto que você sabe que é só seu, com seus livros, filmes, seriados e afins. Aquele cantinho que tem até seu cheiro, de tão seu que é. Que é a sua cara.

Espero que vocês gostem da cara nova, e tentaremos ao máximo trazer novidades pra vocês ao longo do tempo. E se vocês, por um acaso, encontrarem alguma coisa desatualizada, comuniquem via e-mail, por favor! (cavernaliteraria@gmail.com).

E espero que tenham paciência durante os próximos dias, que ainda estarei atualizando todas as nossas redes sociais! :D

Obrigada pelo apoio de todos e espero que gostem do nosso dragãozinho! <3

Ps: Os comentários estão aparecendo zerados, mas é porque ainda não consegui mudar! Se alguém souber como, agradeço HAHA

Desafio: 2014 Alphabet Soup Reading Challenge


Oie, pessoal!
Agora no início do ano, vi vários desafios legais, e dois me interessaram muito! Um de filmes (logo posto) e esse de livros. Resolvi, então, chamar a Carol para participar comigo, porque sei que a faculdade raramente me deixa ler muito. Esse desafio é o da Sopa do Alfabeto, criado pelo blog Escape with Dollycas into a Good Book.

O objetivo é: Ler um livro cuja primeira letra do título corresponda a cada letra do alfabeto. Não vale contar os artigos "a" e "o" do nome do livro. No desafio original, não há a letra w, porém ela consta no brasileiro, sendo no total 26 letras.

Como eu e a Carol vamos participar, preencheremos as letras e colocaremos nossos nomes no final!

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Como eu era antes de você

Nome: Como eu era antes de você
Título Original: Me before you
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Livro: Skoob
Sinopse:
Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

domingo, 5 de janeiro de 2014

A Garota Que Eu Quero

Nome: A Garota Que Eu Quero
Título Original: Getting The Girl
Autor: Markus Zusak
Editora: Intrínseca
Livro: Skoob | Orelha de Livro
Sinopse:
O Rube nunca amou nenhuma delas. Nunca se importou com elas. Nem é preciso dizer que Rube e eu não somos muito parecidos em matéria de mulher. Cameron Wolfe é o caçula de três irmãos, e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro do futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e que a cada semana está com uma garota nova. Cameron daria tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia. Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele? Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.