terça-feira, 25 de julho de 2017

[LANÇAMENTOS]: Grupo Editorial Pensamento

Oláaa, pessoal!

Vamos dar uma olhadinha no que a nossa parceira Editorial Pensamento traz de bom pro mês de julho?


Mistério em Chalk Hill - Susanne Goga

Em 1890, depois de um escândalo que afetou sua reputação, Charlotte Pauly deixa Berlim e vai lecionar para a pequena Emily, em Chalk Hill, uma mansão vitoriana nos arredores de Londres. Charlotte logo percebe uma estranha atmosfera na antiga casa. A menina de 8 anos é sempre atormentada por pesadelos e visões fantasmagóricas da mãe, que se afogou no rio da propriedade em circunstâncias misteriosas. Quando Charlotte tenta saber a respeito da morte de Lady Ellen, o pai de Emily, Sir Andrew, reage com hostilidade. Com tudo envolto em um grande mistério, somente com a ajuda de Tom Ashdown, um jornalista londrino designado para investigar o caso, é que Charlotte poderá desvendar o que há por trás dos fenômenos sobrenaturais que assolam a mansão e descobrir uma trágica verdade escondida nas paredes de Chalk Hill...






Nietzsche e a filosofia budista - Antoine Panaïoti

Antoine Panaïoti, professor de Filosofia da Universidade de Montreal, explora as profundas e complexas relações entre o pensamento filosófico de Nietzsche e a filosofia budista, que o grande filósofo alemão admirava, mas a que ao mesmo tempo se opunha. O autor discute os modelos e as teorias que fundamentam as éticas supostamente opostas contidas nos traba-lhos de Nietzsche e nos ensinamentos do Buda, mostrando que o aparente conflito entre a afirmação dionisíaca do prazer - professada por Nietzsche - e a negação budista da vida, na verdade pode encontrar num ponto de equilíbrio. Panaïoti apresenta, assim, uma nova resposta para questões sobre existencialismo, niilismo e ética.






Pense como Freud - Hannes Etzlstorfer / Peter Nömaier 


Coleção de citações, máximas, observações e tiradas do pai da psicanálise sobre assuntos que vão desde política, história e religião até amor e sexo. Além de reunir passagens das principais obras de Freud, este livro também traz as cartas pessoais desse gênio para seus amigos e familiares. Organizado em dez capítulos temáticos, esta compilação proporciona uma visão representativa de todo o trabalho de Freud, além de demonstrar seu domínio excepcional da linguagem, a amplitude e profundidade do seu conhecimento e o caráter complexo da sua personalidade.









Os Prazeres da Mulher - Elizabeth Davis

A renomada especialista Elizabeth Davis reavalia e traz novas informações sobre a saúde e sexualidade feminina, falando sobre hormônios, menstruação, fertilidade, gravidez, menopausa, envelhecimento e pós-menopausa, desconstruindo convençõessociais e culturais negativas com relação a esses assuntos. Além de analisar as controversas terapias de reposição hormonal e o impacto do estresse, do excesso de trabalho e dos conflitos de relacionamento sobre a saúde sexual, esta obra empodera as mulheres ao apresentar um entendimento muito mais claro de como a sexualidade feminina se transforma ao longo de toda a vida.








Prometeu - Jorg Rasche


O mito grego de Prometeu - que roubou o fogo dos deuses e o deu aos homens, sendo por isso punido por Zeus - trata da luta primordial entre pai e filho. Essa luta é o ponto de partida para a interpretação dada pelo psicoterapeuta junguiano Jörg Rasche, que, extrapolando a análise sobre o amadurecimento masculino, mostra Prometeu como um símbolo não apenas de luta, redenção e busca de sentido no sofrimento, mas do processo de progresso da humanidade em si.










Os homens explicam tudo para mim - Rebecca Solnit


Em seu ensaio icônico "Os Homens Explicam Tudo para Mim", Rebecca Solnit foca seu olhar inquisitivo no tema dos direitos da mulher começando por nos contar um episódio cômico: um homem passou uma festa inteira falando de um livro que "ela deveria ler", sem lhe dar chance de dizer que, na verdade, ela era a autora.A partir dessa situação, Rebecca vai debater o termo mansplaining, o fenômeno machista de homens assumirem que, independentemente do assunto, eles possuem mais conhecimento sobre o tema do que as mulheres, insistindo na explicação, quando muitas vezes a mulher tem mais domínio do que o próprio homem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário